Nada sober vós sem vós

Log in
updated 3:32 PM WEST, Mar 28, 2017
Informação:
PARTILHEM: A 17.ª edição da revista digital da Plural&Singular está online e disponível para download. Além dos resultados da 3.ª edição do concurso "A Inclusão na Diversidade", destacamos uma "Grande Entrevista" com Ana Sofia Antunes, secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência que faz um balanço de um ano de Governo

Leiria: Folhetos de espaços culturais em braille e linguagem pictográfica


Os folhetos culturais de vários espaços do concelho de Leiria estão a ser adaptados para braille e linguagem pictográfica, indicou em comunicado o Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria), a única instituição do país com um mestrado em Comunicação Acessível.

Em causa está a informação cultural de espaços como o Castelo de Leiria, o Moinho de Papel, o Museu da Imagem em Movimento, o Centro de interpretação do Abrigo do Lagar Velho e o Agromuseu Dona Julinha.

O objetivo é que os folhetos sejam acessíveis a pessoas cegas, bem como pessoas com incapacidades intelectuais.

Esta ideia surge no âmbito do “Leiria de Todos + Acessível” e segundo se lê na nota do IPLeiria esta iniciativa é “única no país” e conta com a colaboração da câmara local.

Este trabalho está a ser desenvolvido pelos estudantes do mestrado em Comunicação Acessível, o Centro de Investigação em Inclusão e Acessibilidade em Ação (iACT) e o Centro de Recursos para a Inclusão Digital (CRID).

O IPLeiria avança que assim quer “contribuir para uma acessibilidade plena de todos os cidadãos, colocando assim a cidade de Leiria na vanguarda da inclusão, abordando a comunicação acessível através de vários olhares e em vários contextos, para que se atinja uma perspetiva holística do fenómeno”.

“Tem como objetivo formar especialistas em comunicação acessível, com vista ao desenvolvimento das competências teóricas e operacionais necessárias a uma inserção no mercado de trabalho nacional e internacional”, refere o IPLeiria a propósito da sua oferta educativa.

No mestrado em Comunicação Acessível estão inscritos cerca de duas dezenas de estudantes de diferentes países, entre os quais Brasil e Luxemburgo.

Recorde-se que em 2013 o IPLeiria dinamizou o ano temático IPL(+)INCLUSIVO, que envolveu a cidade em torno da temática da inclusão, promovendo a discussão deste tema e ainda diversas iniciativas ao longo do ano letivo, que envolveram milhares de pessoas.

Já em 2014 o CRID adaptou os menus dos espaços de restauração da Praça Rodrigues Lobo, no centro histórico de Leiria, para braille, e este ano começou a adaptar também para braille, mensalmente, uma obra literária.

“Viver a vida a amar”, de Fátima Lopes, “Navio da Noite”, de João Melo, e “Desnorte” de Inês Pedrosa – são as obras que já estão adaptadas.
 
A Plural&Singular aproveita para recordar que foi em 2013 e no âmbito do programa de conferências “Includit” que se realizaram em Leiria que venceu o prémio de “Melhor Poster” ao apresentar o seu projeto de órgão de comunicação social que se dedica à área da deficiência.

Deixe um comentário

Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses

publicidade

publicidade

Publicidade

7°C

Lisboa

Rain

Humidity: 95%

Wind: 17.70 km/h

  • 28 Mar 2017 11°C 9°C
  • 29 Mar 2017 14°C 7°C

Publicidade