Nada sober vós sem vós

Log in
updated 12:17 PM WET, Nov 22, 2017
Informação:
ACOMPANHE: Todas as novidades sobre os projetos com 'marca' Plural&Singular. Além do concurso de fotografia internacional em que TODOS cabem - cuja cerimónia de entrega de prémios decorre dia 3 e dezembro no CPF, no Porto - avançamos com formações em Comunicação Acessível e Sexualidade&Afetos, o projeto "Nós os cuidadores - sessões de grupo para cuidadores informais!" e com candidaturas ligadas ao ERASMUS+            Consulte também a página do Núcleo de Inclusão, Comunicação e Media e adira ao nosso grupo de debate e partilha no facebook  

Leiria: Folhetos de espaços culturais em braille e linguagem pictográfica


Os folhetos culturais de vários espaços do concelho de Leiria estão a ser adaptados para braille e linguagem pictográfica, indicou em comunicado o Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria), a única instituição do país com um mestrado em Comunicação Acessível.

Em causa está a informação cultural de espaços como o Castelo de Leiria, o Moinho de Papel, o Museu da Imagem em Movimento, o Centro de interpretação do Abrigo do Lagar Velho e o Agromuseu Dona Julinha.

O objetivo é que os folhetos sejam acessíveis a pessoas cegas, bem como pessoas com incapacidades intelectuais.

Esta ideia surge no âmbito do “Leiria de Todos + Acessível” e segundo se lê na nota do IPLeiria esta iniciativa é “única no país” e conta com a colaboração da câmara local.

Este trabalho está a ser desenvolvido pelos estudantes do mestrado em Comunicação Acessível, o Centro de Investigação em Inclusão e Acessibilidade em Ação (iACT) e o Centro de Recursos para a Inclusão Digital (CRID).

O IPLeiria avança que assim quer “contribuir para uma acessibilidade plena de todos os cidadãos, colocando assim a cidade de Leiria na vanguarda da inclusão, abordando a comunicação acessível através de vários olhares e em vários contextos, para que se atinja uma perspetiva holística do fenómeno”.

“Tem como objetivo formar especialistas em comunicação acessível, com vista ao desenvolvimento das competências teóricas e operacionais necessárias a uma inserção no mercado de trabalho nacional e internacional”, refere o IPLeiria a propósito da sua oferta educativa.

No mestrado em Comunicação Acessível estão inscritos cerca de duas dezenas de estudantes de diferentes países, entre os quais Brasil e Luxemburgo.

Recorde-se que em 2013 o IPLeiria dinamizou o ano temático IPL(+)INCLUSIVO, que envolveu a cidade em torno da temática da inclusão, promovendo a discussão deste tema e ainda diversas iniciativas ao longo do ano letivo, que envolveram milhares de pessoas.

Já em 2014 o CRID adaptou os menus dos espaços de restauração da Praça Rodrigues Lobo, no centro histórico de Leiria, para braille, e este ano começou a adaptar também para braille, mensalmente, uma obra literária.

“Viver a vida a amar”, de Fátima Lopes, “Navio da Noite”, de João Melo, e “Desnorte” de Inês Pedrosa – são as obras que já estão adaptadas.
 
A Plural&Singular aproveita para recordar que foi em 2013 e no âmbito do programa de conferências “Includit” que se realizaram em Leiria que venceu o prémio de “Melhor Poster” ao apresentar o seu projeto de órgão de comunicação social que se dedica à área da deficiência.

Deixe um comentário

Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses

publicidade

publicidade

Publicidade

10°C

Lisboa

Rain

Humidity: 96%

Wind: 11.27 km/h

  • 22 Nov 2017 11°C 2°C
  • 23 Nov 2017 6°C 0°C

Publicidade