Nada sober vós sem vós

Log in
updated 4:13 PM WEST, Jul 5, 2019
Informação:
EM BREVE: a 22.ª edição da revista digital semestral Plural&Singular está a chegar com notícias sobre várias áreas e para vários públicos

2ª Marcha pela Vida Independente

Hoje realiza-se a 2.ª Marcha pela Vida Independente. Uma iniciativa que decorre em simultâneo em Lisboa, Porto e Vila Real a partir das 15h00.

Esta é uma ação que à semelhança do ano passado, pretende comemorar o dia Europeu da Vida Independente e, por isso, a Associação CVI – Centro de Vida Independente convida todos os que possam sair à rua, para, juntos mostrarem o orgulho pela diversidade humana e também para reivindicarem os direitos descritos na Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência subscritos integralmente por Portugal mas que a organização do evento lamenta que ainda não sejam cumpridos.

A marcha irá decorrer em simultâneo nos seguintes locais:

Lisboa – Avenida da Liberdade (junto ao Tivoli);

Vila Real – Avenida 5 de Outubro (Jardim da Estação);

Porto – Praça D. João I.

“Exigimos ao Governo a elaboração de uma estratégia para a deficiência, num processo amplamente participado que cumpra o princípio de ‘Nada sobre nós sem Nós’, que corresponda à materialização dos princípios constantes da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência”, pode ler-se no evento criado no Facebook, que enumera alguns dos princípios ratificados por Portugal em 2009:

– o direito à escolha pela Vida Independente;
– que os serviços de assistência pessoal sejam financiados pelo Orçamento do Estado de forma definitiva e não enquanto Projetos-Piloto;
– rendimentos suficientes para viver autonomamente, independentemente do agregado familiar;
– acessibilidade nos transportes públicos;
– direito à livre circulação nas ruas e todos os espaços de uso público;
– direito a habitação de promoção pública acessível e financiamento para adaptação dos fogos inacessíveis existentes;
– reforço do financiamento e simplificação (mais e melhor eficácia) do Sistema de Atribuição de Produtos de Apoio;
– ensino verdadeiramente inclusivo que forme jovens com diversidade funcional para entrada no mercado de trabalho;
– formação profissional inclusiva;
– cumprimento das quotas de acesso ao emprego;
– acesso à Cultura, sem restrições;
- acesso a nível físico, de comunicação e informação a todos os serviços de Saúde;
– acesso informado e confidencial a todas as mesas de voto em qualquer ponto do país;
– o reconhecimento do Código Braille aplicado à Língua Portuguesa e o aumento de publicações disponíveis;
– o reconhecimento, defesa e ensino da Língua Gestual Portuguesa;
– respeito e devida aplicação das leis nacionais e internacionais de não discriminação e de combate à violência sobre as pessoas com diversidade funcional.


Sobre o tema:


MAVI: APROVADO REGIME DE TRANSIÇÃO DE APOIO RESIDENCIAL PARA ASSISTÊNCIA PESSOAL

VIDA INDEPENDENTE: NOVO PROTESTO DE EDUARDO JORGE EM FRENTE DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

Mas também sugere a leitura do artigo de capa da 16.ª edição da Plural&Singular lançada em setembro de 2016.

 

 

 

Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses

publicidade

publicidade

Publicidade

4°C

Lisboa

Limpo

Humidade: 49%

Vento: 14.48 km/h

  • 03 Jan 2019 7°C 3°C
  • 04 Jan 2019 8°C 1°C

Publicidade