Nada sober vós sem vós

Log in
updated 5:31 PM WET, Mar 24, 2017
Informação:
PARTILHEM: A 17.ª edição da revista digital da Plural&Singular está online e disponível para download. Além dos resultados da 3.ª edição do concurso "A Inclusão na Diversidade", destacamos uma "Grande Entrevista" com Ana Sofia Antunes, secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência que faz um balanço de um ano de Governo

Certificados para seis Duplas de Intervenções Assistidas por Animais

No domingo, 24 de julho, decorreu em Oliveira de Azeméis, a cerimónia da entrega de certificados a seis Duplas de Intervenções Assistidas por Animais, conforme apontou a Associação ÂNIMAS.

De acordo com nota remetida às redações, a presidir à cerimónia esteve o vereador dos pelouros da Educação, Valorização Ambiental e Bem-Estar Animal da autarquia de Oliveira de Azeméis, Isidro Figueiredo, que na sua intervenção demonstrou interesse em voltar a contar com a parceria da ÂNIMAS no desenvolvimento de projetos de educação, principalmente nas Unidades de Multideficiência.

Já a presidente da ÂNIMAS, Liliana de Sousa, salientou a importância da certificação das Duplas e das Instituições que trabalham com animais.

“Nos dias de hoje, há um crescendo de atividades com animais nos mais diversos contextos. O que se verifica, na maior parte dos casos, é uma falta de respeito pelo bem-estar animal e falta de preparação das pessoas que acompanham os cães. Podendo haver situações de perigo, que com a devida formação, estarão obviamente previstas e antecipadas”, refere a nota da ÂNIMAS.

Recorde-se que esta é a única associação portuguesa, até à data, a estar reconhecida internacionalmente pela Assistance Dogs Europe – ADEu.

Em Portugal a ÂNIMAS é reconhecida pelo Instituto Nacional para a Reabilitação, a par da Associação da Beira Aguieira.

Por fim a técnica da Santa Casa da Misericórdia da Murtosa, Ana Silva, que falou em nome dos formandos, apontou “a mais-valia da formação na relação que se estabelece entre as duplas e capacidade dada aos formandos para que, no futuro, o desempenho de intervenções assistidas por animais decorra de forma a maximizar os objetivos previstos, salvaguardando o bem-estar dos animais e a segurança dos utentes”.

As Intervenções Assistidas por Animais englobam

Atividades Assistidas por Animais (AAA) - É uma intervenção sem objetivos específicos que pode ocorrer em vários contextos, dirigida por voluntários com formação que produzirá benefícios a nível motivacional, educacional e recreativo e que não exige a medição e o registo dos resultados.
 
Terapia Assistida por Animais (TAA) - Trata-se de uma intervenção com objetivos específicos que integra o animal como elemento do processo de tratamento. É dirigida por profissionais de saúde e destina-se a promover uma melhoria no funcionamento físico, social, emocional ou cognitivo. O processo deve ser documentado e avaliado de forma contínua.

Educação Assistida por Animais (EAA) - Trata-se de uma intervenção com objetivos específicos na área da Educação (comportamentais ou de aprendizagem) que integra o animal como elemento do processo de intervenção. É dirigida por profissionais de educação e destina-se a promover uma melhoria emocional e/ou cognitiva. O processo deve ser documentado e avaliado de forma contínua.

A propósito recordamos peça publicada na nossa quarta edição da revista trimestral digital publicada em setembro de 2013, sendo destaque da secção Saúde e Bem-Estar. Para ler clique AQUI!

Deixe um comentário

Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses

publicidade

publicidade

Publicidade

8°C

Lisboa

Showers

Humidity: 48%

Wind: 35.40 km/h

  • 24 Mar 2017 10°C 1°C
  • 25 Mar 2017 16°C 9°C

Publicidade