Nada sober vós sem vós

Log in
updated 5:39 PM WEST, Oct 15, 2018
Informação:
CONTAGEM DECRESCENTE: candidaturas ao concurso internacional de fotografia "A inclusão na diversidade" promovido pela Plural&Singular em parceria com o Centro Português de Fotografia | envie até três fotos para geral@pluralesingular.pt | informações no regulamento | fácil e simples

Santo Tirso: Novo polo da CAID na zona nascente do concelho

A Cooperativa de Apoio à Integração do Deficiente (CAID), localizada em Santo Tirso, distrito do Porto, vai ter um novo polo na zona nascente do concelho, indicou a câmara que assim espera criar “respostas para a lista de espera na área da deficiência”.

Em comunicado a câmara de Santo Tirso refere que “a ideia é que dentro de ano e meio um novo Centro de Atividades Ocupacionais possa funcionar no edifício da antiga Junta de Freguesia de São Salvador do Campo”.

O espaço sofrerá obras de adaptação e ampliação, num investimento de 700 mil euros.

“Este centro é extremamente importante para o concelho. Com este polo, Santo Tirso passará a ter, para a área da deficiência, uma infraestrutura na zona poente e uma outra na zona nascente. Não resolve todos os problemas mas vem ajudar em muito as necessidades atuais nesta área”, explica o presidente da câmara, Joaquim Couto.

A nota camarária aponta que o projeto será alvo de uma candidatura a fundos comunitários, que tem já o aval da Segurança Social.

Após a garantia de financiamento para a obra, o novo polo levará cerca de nove meses a estar concluído, e estará apto a dar resposta às 35 pessoas que se encontram em lista de espera.

Para esta nova valência, em São Salvador do Campo, está prevista a criação de um gabinete de apoio médico, psicologia e serviço social, uma sala de fisioterapia, uma sala snoezelen, duas salas de atividades, duas oficinas para pintura e olaria e salas administrativas. A obra engloba ainda a construção de uma sala polivalente para convívio e refeições, bar, cozinha e lavandaria.

Para além do polo em Fontiscos, a CAID conta ainda com residências autónomas, estruturas complementares de acolhimento a pessoas adultas, cuja retaguarda familiar é pequena ou não existe.

Recentemente foram inaugurados novos espaços na zona poente do concelho e a autarquia pretende criar residências semelhantes na zona nascente: “Queremos abrir mais e acredito que nascerão naturalmente com a abertura do segundo polo. São respostas muito importantes porque constituem um lar, uma casa, um sítio para viver para além do centro ocupacional”, conclui o autarca.

Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses

publicidade

publicidade

Publicidade

3°C

Lisboa

Mostly Clear

Humidade: 58%

Vento: 17.70 km/h

  • 22 Out 2018 10°C 3°C
  • 23 Out 2018 15°C 8°C

Publicidade