Nada sober vós sem vós

Log in
updated 12:00 PM WEST, Mar 29, 2017
Informação:
PARTILHEM: A 17.ª edição da revista digital da Plural&Singular está online e disponível para download. Além dos resultados da 3.ª edição do concurso "A Inclusão na Diversidade", destacamos uma "Grande Entrevista" com Ana Sofia Antunes, secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência que faz um balanço de um ano de Governo

Cerimónia de abertura do Campeonato da Europa de Futebol de 7 Maia 2014

“Na Maia o desporto é inclusivo e é para todos” 

Presidente da Câmara Municipal da Maia, António Bragança Fernandes

 

Depois do habitual desfile das onze seleções participantes - Portugal, Dinamarca, Inglaterra, Finlândia, Alemanha, Irlanda, Holanda, Rússia, Irlanda do Norte, Escócia, Ucrânia e Rússia – e de se ouvir o hino oficial da Maia Cidade Europeia do Desporto “We Feel Sport” nas vozes de um coro infantil, foi dada a palavra ao presidente da PCAND – Paralisia Cerebral Associação Nacional de Desporto, Joaquim Viegas. 

O representante da comissão organizadora do Campeonato da Europa de Futebol de 7 Maia 2014 espera que com este evento todos “olhem para esta modalidade e percebam que tem um excelente potencial no desenvolvimento de um grupo de pessoas e que tem tudo para dar certo”. 

Por sua vez, o presidente da Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência, Mário Lopes, depois de revelar que é um maiato de ‘gema’, apelou ao fairplay das equipas e afirmou que “qualquer uma pode vencer” este campeonato.  

Tanto o presidente da Câmara Municipal da Maia (CMM), António Bragança Fernandes, como o vereador do pelouro do desporto e presidente da comissão organizadora da Maia Cidade Europeia do Desporto 2014, Ernâni Ribeiro desejaram a todas as seleções presentes no Estádio da Maia Dr. José Vieira de Carvalho uma ótima estadia e esperam que regressem a casa satisfeitos com a hospitalidade portuguesa e, em particular, maiata. 

O vereador do desporto constatou a “grandeza humana que este evento tem” e não deixou de referir que a Maia CED 2014 privilegiou “o desporto inclusivo na programação porque na Maia ainda existem muitas lacunas” e este foi o caminho encontrado para “despertar consciências” e sensibilizar as coletividades e associações a apostarem na prática desportiva direcionada a pessoas com deficiência.  

Falou ainda o presidente regional Norte do Instituto Português do Desporto e da Juventude, Manuel Barros que deixou “uma palavra de incentivo a todos os treinadores, técnicos, árbitros dirigentes associativos e às famílias dos atletas porque são os primeiros a dar o estímulo para que os jovens possam mostrar o seu talento e se sintam cada vez mais incluídos”. 

A secretária geral da Associação Desportiva e Recreativa Internacional de Paralisia Cerebral (CPISRA), Sandy Hermiston, aproveitou esta ocasião para revelar que a próximo competição de Futebol de 7 já não será promovida pela CPISRA porque estará sob a alçada de outra entidade desportiva: a Federation of CP Football (IFCPF) [Federação Internacional de Futebol CP. As letras CP representam paralisia cerebral].

O relvado do Estádio da Maia Dr. José Vieira de Carvalho depois desta animada cerimónia que encerrou com música e ginástica acrobática foi palco do jogo de abertura do Campeonato da Europa de Futebol de 7 Maia 2014: Portugal X Inglaterra. 

Deixe um comentário

Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses

publicidade

publicidade

Publicidade

5°C

Lisboa

Mostly Sunny

Humidity: 46%

Wind: 22.53 km/h

  • 30 Mar 2017 10°C 2°C
  • 31 Mar 2017 6°C 5°C

Publicidade