Nada sober vós sem vós

Log in
updated 4:09 PM WEST, Jun 14, 2017
Informação:
PARTILHEM: A 17.ª edição da revista digital da Plural&Singular está online e disponível para download. Além dos resultados da 3.ª edição do concurso "A Inclusão na Diversidade", destacamos uma "Grande Entrevista" com Ana Sofia Antunes, secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência que faz um balanço de um ano de Governo

Inglaterra ganha na abertura do Campeonato da Europa de Futebol de 7: Portugal perde e vê-se obrigado a ‘fazer contas’

Para evitar ‘contas’, como ambicionava o selecionador luso, Luís Ferreira, Portugal precisava ganhar já no jogo de abertura deste campeonato, mas nem o ‘fator casa’ deu o empurrão necessário aos jogadores portugueses que tiveram perante si uma equipa inglesa aplicada e concretizadora.

Naquele que foi o primeiro jogo do Grupo C, a Inglaterra começou praticamente a vencer, fruto de um golo marcado logo aos sete minutos por Michael Barker. Aos dez, os ingleses já venciam por dois, mostrando ter bons argumentos em contra-ataque. Jack Rutter, o capitão da equipa marcou o segundo golo. 

Com uma desvantagem algo desmotivadora, sobretudo tratando-se de um jogo em casa e perante o seu público, a tarefa de Portugal ficou ainda mais difícil quando perto do intervalo, Michael Barker fez o terceiro para a seleção inglesa, sendo o segundo nas suas contas pessoais.

Os britânicos ainda beneficiaram de uma grande penalidade, mas o guarda-redes português, Rui Rocha, defendeu, voltando na jogada seguinte a fazer uma grande defesa e a evitar o quase certo quarto golo da Inglaterra.

 

Adivinhava-se, portanto, o 4-0, uma vez que Portugal mantinha uma postura retraída, o que veio a acontecer consequência de uma segunda grande penalidade que desta vez Jack Rutter não falhou. 

Esperava-se que no regresso do balneário, Portugal mostrasse mais, mas logo nos primeiros minutos da segunda parte, a Inglaterra voltou a marcar, por intermédio de Michael Barker que com este hat-trick estabeleceu o resultado final em 5-0.

Até ao final da partida, a equipa lusa não desistiu de procurar o golo de honra, nem os adeptos esmoreceram no apoio à seleção nacional.

O selecionador português não queria fazer contas, mas agora a permanência de Portugal no Campeonato da Europa de Futebol de 7 obriga a classificar-se como um dos dois melhores terceiros para passar aos quartos-de-final.

A Inglaterra dominou e impôs uma mão cheia de golos a Portugal, mas apesar de, com este resultado a continuidade dos anfitriões desta competição estar comprometida, nada está perdido.

 

 

 

 

Deixe um comentário

Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses

publicidade

publicidade

Publicidade

19°C

Lisboa

Sunny

Humidity: 59%

Wind: 17.70 km/h

  • 26 Jun 2017 26°C 18°C
  • 27 Jun 2017 25°C 17°C

Publicidade