Nada sober vós sem vós

Log in
updated 5:31 PM WET, Mar 24, 2017
Informação:
PARTILHEM: A 17.ª edição da revista digital da Plural&Singular está online e disponível para download. Além dos resultados da 3.ª edição do concurso "A Inclusão na Diversidade", destacamos uma "Grande Entrevista" com Ana Sofia Antunes, secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência que faz um balanço de um ano de Governo

Festival EXTREMUS – Participação pela arte arranca amanha no Porto

De amanhã a domingo decorre no CACE Cultural, no Porto, a 14.ª edição do Festival Internacional Extremus com sessões artísticas protagonizadas por pessoas com deficiência, num total de 13 grupos de teatro, música, dança e performance.

Com organização a cargo da Associação do Porto de Paralisia Cerebral (APPC) através do seu grupo de teatro “Era uma vez…Teatro”, este festival é cofinanciado pelo Instituto Nacional de Reabilitação, contando com o apoio do Teatro Nacional S. João, Teca, Tipar e Panmixia.

O Extremus – que já vai na sua XIV edição – é também um festival internacional com uma forte componente educativa e de formação, cuja principal ambição, lê-se na apresentação do evento, é “a divulgação e promoção das atividades artísticas das pessoas com deficiência”.

“Pretende-se com este festival dar oportunidade e visibilidade a grupos amadores e profissionais que desenvolvem o seu trabalho com pessoas com deficiência, tendo sempre como eixo de programação a apresentação de novas linguagens artísticas e a criação de parcerias”, refere a nota da APPC dirigida à Plural&Singular.

O Extremus é dirigido a públicos das mais diversas faixas etárias e pretende reunir no Porto aquilo que de melhor se faz nas artes do palco com os profissionais e amadores com deficiência.

É objetivo da organização caminhar no sentido de afirmar o Extremus como um Festival de referência e de excelência na área da deficiência.

Esta edição inclui no seu programa uma componente vocacionada para os mais novos, particularmente o público escolar. Trata-se do Extreminhus com apresentações durante as manhãs.

Estão ainda programados dois workshops: um de dança inclusiva, no sábado de manhã, pela coreógrafa Ana Dora Borges, e outro domingo dedicado a crianças, este orientado por Margarida Fernandes, a doutora Francesinha da Operação Nariz Vermelho.

Com várias sessões de entrada gratuita, os preços para alguns dos espetáculos são de cinco euros. As escolas pagam um euro por aluno.
 
Destaques de Programação
Dia 1 - 22h00 no Cace Cultural
ESTRADAS DE XADREZ a partir de "Diário de um Louco” de Nikolai Gógol pelo grupo “Era uma vez…Teatro” da Associação do Porto de Paralisia Cerebral.
 
Dia 2 - 22h00 no Cace Cultural
AS ESCOLHAS DE SOFIA por TETÊ- Grupo de Teatro Terapêutico da Clínica de Psiquiatria e Saúde Mental do Centro Hospitalar S. João do Porto.
 
Dia 3 -  21h30 no Cace Cultural
A OLA DE OURO pela companhia Pinchacarneiro da Fundation ANADE de Madrid

Veja o vídeo promocional


CACE Cultural
Rua do Freixo 1071, 4300-219
GPS: 41.145569731009, -8.579871654510

Deixe um comentário

Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses

publicidade

publicidade

Publicidade

7°C

Lisboa

Cloudy

Humidity: 41%

Wind: 35.40 km/h

  • 24 Mar 2017 10°C 1°C
  • 25 Mar 2017 16°C 9°C

Publicidade