Nada sober vós sem vós

Log in
updated 10:57 PM WEST, May 22, 2017
Informação:
PARTILHEM: A 17.ª edição da revista digital da Plural&Singular está online e disponível para download. Além dos resultados da 3.ª edição do concurso "A Inclusão na Diversidade", destacamos uma "Grande Entrevista" com Ana Sofia Antunes, secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência que faz um balanço de um ano de Governo

Livro “Crónicas do Bar dos Canalhas” é apresentado sexta-feira e reverte para APPC

A obra coletiva “Crónicas do Bar dos Canalhas”, constituída por textos de autores de vários países e coordenação de Eduardo Águaboa, cujos direitos de autor do livro revertem a favor da Associação do Porto de Paralisia Cerebral (APPC), é apresentada sexta-feira às 21:00 na “Villa Urbana” de Valbom.

O “Crónicas do Bar dos Canalhas” será apresentado por Vieira Duque, conservador da Fundação Dionísio Pinheiro e Alice Cardoso Pinheiro.

O livro conta com textos que chegam de destinos como Lisboa, Luanda, Benguela, São Paulo, Paris, Bombaim, Atenas, Luxemburgo, Dusseldorf, Stade ou Bahia.

A capa é da autoria do designer Dinis Moura, a trabalhar no Luxemburgo. E a obra é publicada pelas Edições Colibri.

A apresentação do livro contará ainda com um momento musical pela banda “appSound” da APPC.

Em declarações à Plural&Singular, o presidente da APPC, João Cottim Oliveira, considerou importante juntar a literatura, bem como outras formas de arte como o cinema e teatro, às causas sociais e recordou que a APPC tem sido alvo de iniciativas solidárias promovidas por várias áreas, nomeadamente por desportistas.

“Ficamos muito satisfeitos com todas as iniciativas e com esta em particular também. É uma forma da APPC ter ligação à sociedade e divulgar a sua causa e a área da deficiência. É também uma forma de prosseguirmos os nossos projetos”, referiu João Cottim Oliveira.

Já o coordenador da obra, Eduardo Águaboa, contou que a primeira apresentação deste livro, sessão que decorreu em Lisboa no dia 17, “esgotou a Casa do Alentejo que foi pequena para tantos interessados”, desejando “igual ou maior envolvência” sexta-feira em Valbom, Gondomar.

“Já realizei várias obras cujos direitos foram para organizações de solidariedade. As causas apaixonam-me. Relativamente à APPC terei oportunidade de conhecer melhor agora mas amigos do Porto escrevem-me uma associação com um papel muito importante. E não foi difícil reunir os amigos, escolher um tema, e traçar este objetivo. Foi divertido e a causa é boa”, disse Eduardo Águaboa.

Sobre o livro, o jornalista Nuno Saraiva Santos avisa no prefácio: “...não espere encontrar um travão nas palavras, despidas de preconceitos, provocadoras e muitas vezes a aguçar pensamentos mais, digamos, palpitantes”

A obra é uma “montanha russa de emoções”… “E reflexões. Sobre o que somos, sobre a vida e os seus efémeros momentos de felicidade que a podem tornar tão aparentemente, ou não..., curta.” Mas “é lá [no Bar dos Canalhas] que há sempre lugar para a solidariedade”.

Deixe um comentário

Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses

publicidade

publicidade

Publicidade

13°C

Lisboa

Rain

Humidity: 100%

Wind: 35.40 km/h

  • 26 May 2017 23°C 13°C
  • 27 May 2017 21°C 15°C

Publicidade