Log in
updated 2:00 PM WET, Nov 13, 2018
Informação:
EM BREVE: informações sobre concurso internacional de fotografia "A inclusão na diversidade" promovido pela Plural&Singular em parceria com o Centro Português de Fotografia entre outros projetos do Núcleo de Inclusão Comunicação e Media

20.ª Edição

 

ler

descarregar

A edição de junho da Plural&Singular, revista digital dedicada à temática da Deficiência e Inclusão, dedica o tema de capa aos Cuidadores informais, a retaguarda invisível” de todos aqueles que têm algum tipo de dependência. Recorrendo a vários testemunhos, busca-se uma resposta à pergunta: Não será preciso criar condições para dar dignidade às 800 mil pessoas cuidadoras que existem em Portugal? São 23 páginas que fazem um apanhado desta realidade em Portugal. Dá-se destaque ao Estatuto de Cuidador Informal cuja criação já está, na Assembleia da República, em fase de audições no âmbito da apreciação, na especialidade, das propostas de lei existentes para estabelecer direitos e deveres desta figura fulcral no apoio a pessoas dependentes cujo trabalho se estima que valha 333 milhões de euros por mês.

A Vida Independente já está em marcha…lenta. E, em jeito de protesto foi organizada uma marcha com o intuito de apelar ao empoderamento das pessoas com deficiência. Em causa está o facto do Governo não garantir a participação das pessoas com diversidade funcional nas diferentes fases do processo de desenvolvimento da VI. Em entrevista à Plural&Singular, o Centro de Vida Independente, criado para gerir o primeiro projeto piloto implementado em Lisboa, além de explicar as motivações para a manifestação de 5 de maio, também esmiúça os contornos de um decreto-lei publicado em outubro de 2017, que não satisfaz as necessidades de quem deseja, precisa e tem direito a uma Vida Independente. É este o destaque da secção Saúde e Bem-estar.

A secção de Desporto apresenta o perfil de “Luís Costa – o atleta superação” que descobriu a modalidade por altura dos Paralímpicos de Londres2012 quando viu o antigo piloto de Fórmula 1, Alessandro Zanardi, a competir. Três meses depois de se iniciar no paraciclismo já estava a defrontar o campeão paralímpico e mundial. Entretanto já conseguiu ultrapassar a referência e agora o foco está em Tóquio 2020.

“Stephen Hawking: a prova de que a mente não é prisioneira de um corpo” e “Esclerose Lateral Amiotrófica: um balde de água fria na vida de doentes e familiares” são os artigos que preenchem a rubrica Plural&Singular da revista digital. Depois de uma homenagem à vida de Stephen Hawking, o físico britânico que morreu a 14 de março aos 76 anos de idade contrariando todas as expetativas do tempo de sobrevida médio de uma pessoa com ELA, fala-se desta patologia no contexto português e do apoio que a Associação Portuguesa de Esclerose Lateral Amiotrófica (APELA) dá a doentes, familiares e amigos que se confrontem com esta doença.

Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses

publicidade

publicidade

Publicidade

2°C

Lisboa

Breezy

Humidade: 48%

Vento: 40.23 km/h

  • 14 Nov 2018 5°C 0°C
  • 15 Nov 2018 3°C -2°C

Publicidade