Nada sober vós sem vós

Log in
updated 12:18 PM WEST, Jul 6, 2018
Informação:
ACOMPANHE: Todas as novidades sobre os projetos com 'marca' Plural&Singular. Além do concurso de fotografia internacional em que TODOS cabem - cujas candidaturas abrem no final de julho e decorrem até 15 de outubro - avançamos com formações em Comunicação Inclusiva e Sexualidade&Afetos, o projeto "Nós os cuidadores - sessões de grupo para cuidadores", caminhadas temáticas, noites interculturais e com candidaturas ao ERASMUS+  Consulte também a página do Facebook do Núcleo de Inclusão, Comunicação e Media, a do Green Harmony e adira ao nosso grupo de debate e partilha

Nós, os cuidadores: Pote da Felicidade circula em Guimarães


No âmbito do projeto “Nós, os cuidadores”, a Plural&Singular, marca gerida pelo Núcleo de Inclusão, Comunicação e Media decidiu fazer uma “experiência social” e pôr em circulação o Pote da Felicidade, uma iniciativa para estimular o pensamento positivo, com o intuito de ir ao encontro de todos os cuidadores vimaranenses e conseguir sinalizá-los.

Além disso, também se pretende com esta iniciativa informar todos os envolvidos para a criação do Estatuto de Cuidador Informal que já está, na Assembleia da República, em fase de audições no âmbito da apreciação, na especialidade, das propostas de lei existentes. Está em causa a atribuição de apoios financeiros para quem cuida, a contabilização da  prestação de cuidados na carreira contributiva como trabalho efetivo e que seja calculada para a pensão de velhice, a flexibilização dos horários de trabalho, o reforço dos apoios formais existentes dirigidos ao dependente e a formação, apoio psicológico e condições para o descanso do cuidador.

O Pote da Felicidade não é mais do que um frasco acompanhado de umas folhas coloridas para cada pessoa cuidadora registar um momento bom que tenha vivido e que a faça sorrir. Depois de colocar a respetiva folha lá dentro, de preencher a folha de contacto e tirar uma fotografia, se possível, com o balão “Eu sou cuidador informal”, deve entregar o Pote da Felicidade a outro pessoa que tenha também ao cuidado alguém com dependência, quer sejam pessoas com deficiência, com demências, doentes crónicos ou temporários ou idosos.


Assumindo que o contexto de cuidador informal de alguém com dependência tem um desgate físico e emocional inerentes que podem causar stress e esgotamento, e que, como tal, a maioria das vezes, se associa a momentos maus e tristes propõe-se com este Pote da Felicidade estimular a atenção focada ao prazer das pequenas alegrias do dia-a-dia.


A ideia é despertar para o presente e aprofundar o seu nível de consciência em relação ao que realmente tem, e assim desenvolver um pensamento positivo em relação à vida.

Também se pretende ajudar a evitar ficar preso no passado, ou, por outro lado, que os seus planos e vontades sejam adiadas para um futuro que nunca chega.


“Embora tenhamos colocado toda a informação necessária para fazer circular este Pote da Felicidade, a verdade é que lhe perdemos o rasto. É quase como aquelas garrafas que se atiram ao mar com uma mensagem e que pode ficar perdida ou, pelo contrário, ser encontrada por alguém”, refere a organização.


Hoje o Pote da Felicidade foi entregue a uma das cuidadoras que participa nas sessões de grupo do projeto “Nós, os cuidadores” e já leva no seu interior os contributos das participantes presentes na sessão mensal que, de forma anónima, registaram um momento de alegria que tenham vivenciado no decorrer desta semana que está a acabar.

Faça parte desta rede de partilha. Obrigada!


“A compreensão de outrem somente progredirá com a partilha de alegrias e sofrimentos”. Albert Einstein

Mais informações em Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ou através do número 913077505. 

Itens relacionados

  • “Nós, os cuidadores” cria um novo grupo de apoio

    O projeto “Nós, os cuidadores - Sessões de grupo para cuidadores informais” na próxima sexta-feira, dia 13 de julho, dá início às reuniões de um novo grupo de participantes no polo da Urbanização da Atouguia da Fraterna - Centro Comunitário de Solidariedade e Integração Social, em Guimarães.

  • 20.ª Edição
  • “Nós, os cuidadores - Sessões de grupo para cuidadores informais” recomeça amanhã.

    11 participantes dos três grupos de apoio criados até ao momento no âmbito do projeto “Nós, os cuidadores - Sessões de grupo para cuidadores informais”, recomeçam a partir de amanhã as reuniões que lhes permitem partilhar dúvidas, receios, alegrias e tristezas, ao mesmo tempo que têm o acompanhamento da psicóloga clínica Marta Freitas Figueiredo, colaboradora da Plural&Singular, a marca gerida pelo Palavras Infinitas – Núcleo de Inclusão, Comunicação e Media.

  • A inclusão na diversidade: concurso de fotografia recebeu 106 imagens

    O concurso internacional de fotografia “A inclusão na diversidade”, cofinanciado pelo Programa de Financiamento a projetos de 2017 do Instituto Nacional de Reabilitação, I.P., recebeu 106 imagens, num total de 47 candidaturas, sendo 20 de candidatos estrangeiros e apenas três enviadas por entidades.

  • Plural&Singular estabelece parceria com o Projeto Guimarães Inclusivo

    O Núcleo de Inclusão, Comunicação e Media - Palavras Infinitas, que gere a marca Plural&Singular, estabeleceu um protocolo de parceria com a Sol do Ave – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Vale Ave e a Fraterna – Centro Comunitário de Solidariedade e Integração Social, no âmbito do Projeto Guimarães Inclusivo.

Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses

publicidade

publicidade

Publicidade

23°C

Lisboa

Ensolarado

Humidade: 64%

Vento: 28.97 km/h

  • 18 Jul 2018 28°C 20°C
  • 19 Jul 2018 26°C 18°C

Publicidade