Nada sober vós sem vós

Log in
updated 9:49 AM WET, Dec 3, 2017
Informação:
ACOMPANHE: Todas as novidades sobre os projetos com 'marca' Plural&Singular. Além do concurso de fotografia internacional em que TODOS cabem - cuja cerimónia de entrega de prémios decorre dia 3 e dezembro no CPF, no Porto - avançamos com formações em Comunicação Acessível e Sexualidade&Afetos, o projeto "Nós os cuidadores - sessões de grupo para cuidadores informais!" e com candidaturas ligadas ao ERASMUS+            Consulte também a página do Núcleo de Inclusão, Comunicação e Media e adira ao nosso grupo de debate e partilha no facebook  

PERFIL: Luís Gonçalves para quem CONTINUAR é um lema

A 15 dias do início dos Jogos Paralímpicos, a Plural&Singular recorda o “Perfil” (rubrica que integra a nossa secção de Desporto da revista digital trimestral) publicado em dezembro de 2015 sobre Luís Gonçalves, atleta para quem CONTINUAR é um lema e que vai integrar a Missão Portuguesa Rio2016*

Conquistou recentemente uma medalha de ouro nos Mundiais IPC, vitória para somar a um currículo que conta com a prata alcançada em Pequim2008. Haverá algo que não deixe Luís Gonçalves continuar? Eis o que responde o ‘puto’ que em pequeno brincava aos Jogos Olímpicos antes de sonhar que voaria por pistas de atletismo ao pisar ninhos emblemáticos… [peça com dados anteriores a dezembro de 2015]

Texto: Paula Fernandes Teixeira
Fotos: Gentilmente cedidas


“Era nesta [modalidade] que brincava. Desde que me lembro de ser gente que corro. Brincava em casa às corridas, aos Jogos. O atletismo foi sempre a minha verdadeira e grande paixão”, disse Luís Gonçalves à Plural&Singular.

O atleta (baixa visão) cuja especialidade são os 400 metros, mas também compete em estafeta e 200, começou a correr inicialmente para não se tornar uma pessoa sedentária e chegou a experimentar modalidades como futebol, ginástica, natação e artes marciais, mas depois… “Foi tudo uma bola de neve e cá estou todos estes anos depois porque continuei sempre”, contou.

Logo no início da sua carreira, Luís Gonçalves teve uma lesão… Ainda que não se recorde “bem ao certo” de quais as palavras que ouviu o atleta Carlos Lopes dizer-lhe, garante que nunca se esqueceu do que sentiu ao ouvir os conselhos deste antigo atleta paralímpico… Terá sido algo como “faz o que o teu coração mandar, seja continuar ou desistir, faz o que o teu coração mandar e CONTINUA”.

Luís Gonçalves tinha saído há pouco tempo de uma pequena aldeia alentejana para viver, estudar, treinar e competir a partir de Lisboa. Ficou “em choque” quando ouviu o diagnóstico do médico sobre uma lesão que temia que fosse para a vida toda. Mas quando um atleta como Carlos Lopes, que tinha sofrido lesões semelhantes, mostrou que acreditava nele, percebeu que teria de continuar…

‘Continuar’ é mesmo a palavra de ordem de Luís Gonçalves. Continuar em frente nas pistas, continuar após lesões, continuar quando algo parece estar a ruir ou a desacreditar o seu empenho e paixão pelo atletismo… Continuar sempre!

Nuno Alpiarça é treinador de Luís Gonçalves desde 2007. Já passou, portanto, pelo tais “continuar” aos quais Luís é perito em dar corpo. Descreve-o, aliás, com as palavras “persistência”, “empenho” e “desejo de superação”.

Confirmado: Luís Gonçalves escolheu continuar (!!) após a lesão e fê-lo de tal forma que na primeira prova internacional a seguir à lesão, foi medalha de prata na estafeta 4x100 metros num meeting em Berlim, Alemanha. Em 2008 conquistou uma medalha de prata nos Jogos de Pequim.

“Lembro-me de ter perguntado ao Nuno onde estavam os portugueses. Ele apontou-me para a bancada. Desatei a correr por ali fora como se não tivesse corrido nada antes. Só quis CONTINUAR a correr”.

Luís Gonçalves escolheu outra vez continuar (!!) após um episódio “menos feliz” em 2012 que culminou numa paragem de dois anos e voltou a fazê-lo de tal forma que o ouro não lhe escapou agora no Campeonato do Mundo IPC de Doha, Quatar 2015. LER PEÇA COMPLETA A PARTIR DA PÁGINA 84 DA 13.ª EDIÇÃO DA PLURAL&SINGULAR


Luís Gonçalves foi vice-campeão paralímpico nos 400 metros T12 em Pequim2008. Após passar a meta sentia-se cansado – “completamente desobstinado”, como descreve – e o seu treinador aconselhou-o: “não festejes muito e não desanimes nada porque não sabemos se ficaste em terceiro ou em quarto”. Fixaram então os olhos no placard que daria essa informação. Luís Gonçalves tinha conquistado a prata!    

BI
Nome: Luís Gonçalves
Naturalidade: Alagoa, Alentejo
Profissão: massagista e estudante de Naturopatia
Início de atividade como atleta:2007
Clube: Sporting CP
Tipo de deficiência: Visual – T12 (Baixa visão)

 

*A Plural&Singular completa em dezembro quatro anos de vida. Ao longo do nosso percurso já publicamos 15 edições de revistas digitais trimestrais, tendo em todas elas tentado dar destaque quer à atualidade, quer às referências, marcos, efemérides e conquistas no que ao Desporto diz respeito. No entanto, lamentavelmente, não possuímos “Perfis” (rubrica que integra a secção desportiva) de boa maioria dos atletas que vão rumar ao Rio de Janeiro, Brasil, em setembro para representar as cores lusas. Estamos no entanto a tentar partilhar também no site o material relacionado com este evento que temos compilado nas revistas até ao momento, procurando com estes exemplos, reportagens, entrevistas, de alguma forma homenagear também os atletas, instituições e treinadores com os quais ainda não tivemos oportunidade de contactar. Boa sorte a todos!

 

Itens relacionados

  • Maratona IPC: Manuel Mendes entre os selecionados para Londres

    Manuel Mendes, medalhado nos Jogos Paralímpicos Rio2016, está entre os convocados para a Taça do Mundo de Maratona IPC, prova que tem lugar domingo em Londres.
    A Federação Portuguesa de Atletismo (FPA) divulgou a lista de selecionados e ao atleta vimaranense somam-se Gabriel Macchi, Joaquim Machado e Jorge Pina.

  • Atletas olímpicos e paralímpicos com prémios iguais

    O valor dos prémios para atletas olímpicos e paralímpicos vai ser o mesmo. O Orçamento do Estado (OE) para 2017 prevê a equiparação. Só falta alterar a lei, tarefa que cabe agora ao Governo.

  • PERFIL: Manuel Mendes - o atleta "sensação"

    No dia em que o Presidente da República concedeu o título de comendador da ordem de mérito aos atletas portugueses medalhados nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio2016, a Plural&Singular recorda o “Perfil” (rubrica que integra a nossa secção de Desporto da revista digital) publicado em setembro de 2016 sobre Manuel Mendes – o atleta "sensação" que conquistou no Rio de Janeiro uma medalha de bronze*

  • PERFIL: Mário Trindade – o atleta missão!

    No dia em que a comitiva lusa parte para o Brasil para participar nos Jogos Paralímpicos, a Plural&Singular recorda o “Perfil” (rubrica que integra a nossa secção de Desporto da revista digital trimestral) publicado em março de 2015 sobre Mário Trindade – o atleta Missão que integra a comitiva lusa rumo a Rio2016*

  • PERFIL: David Grachat - O atleta que não vacila em cima do bloco!

    Falta uma semana para o início dos Jogos Paralímpicos. A Plural&Singular recorda o “Perfil” (rubrica que integra a nossa secção de Desporto da revista digital trimestral) publicado em setembro de 2014 sobre David Grachat, O atleta que não vacila em cima do bloco e que um dos cinco nadadores da comitiva lusa que parte em breve para Rio2016*

Deixe um comentário

Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses

publicidade

publicidade

Publicidade

-4°C

Lisboa

Windy

Humidity: 42%

Wind: 69.20 km/h

  • 13 Dec 2017 0°C -7°C
  • 14 Dec 2017 1°C -3°C

Publicidade